learnex

Luiz Frazon

LUIZ FRAZON

 

 

Luiz Frazon, 35, é Educador Social na cidade de Ribeirão Preto, SP. Estudou música, arriscou umas mal traçadas cores nas artes plásticas e faz parte do Sexteto Vocályse: grupo vocal existente desde 2001. Cursou letras, apesar de não concluir o curso e hoje faz bacharelado em Educação Física e Esporte pela USP. Coeditou o Zine “O circense” entre os anos de 2003 e 2007. Aventurou-se como libretista na Opereta Popular de Natal, composição de Lucas Galon. Participou de algumas antologias poéticas e publicou seu primeiro livro de poemas, Roçando água, em 2009.




Contatos:





Conheça 5 poemas do livro O nome pela metade, de Luiz Frazon:






ARCHYTAS OF TARENTUM

 

O que sabemos
de nós mesmos
é um pouco mais
do que uma chave de fenda sabe
sobre um parafuso:
é um jeito abissal
de enroscar o mundo
e prendê-lo, firme.
Um íntimo conhecer, profundo,
do seu nome ferroso,
a matéria que se abraça.
É lançar-se adentro
e entretecer o aço
sob pressão
da mão alheia.



***



CULINÁRIA DE ESFORÇO

 

“Caroço sem carne
só osso, os
cernes”
Age de Carvalho


A faca cega
mastiga forte a carne;
descobre o fio
no braço.
Roça, estúpida,
a entranha da fibra.
Regaça,
sem choro,
a carcaça frágil,
o osso aerado.

O objeto forte,
o punho carregado,
é o corte mais afiado.

 

***

 

A LEI EM LEVÍTICO
(a lei do holocausto)


permitimos ao fogo
uma pausa
na hora em que desejamos dele
a distância

não ouvimos
e não falamos

E como macho ignorante
não nos queimamos
na chama da escolha

desejamos, silentes
a inércia da tepidez



***




CHUVA SERÔDIA

“A água embriaga
mas para além do humano: no amor
simples.”


Orides Fontela



Sinto na água
o gosto morno da crença,
mormaço
e  hostilidade
em suas gotas.

Mas banho-me de uma presença
amiga.
Calejada,
tocando sua correnteza
nas grosserias
de meu corpo.



***

 

SOBRE O LABOR DE NOÉ




em punho fechado
o martelo o serve:
na sua pancada seca
em fundura do ferro
cravado nas costas
da madeira,
lasca da pura robustez

parte o punho
martelando firme
o trançado de ocres;

e reflexos
que o atrito hostiliza
em seu percalço
camuflam em frêmitos
a pancada que bate calada

 

 


 

 

Livro: O nome pela metade

Autor: Luiz Frazon

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 100

Formato: 14x21

Preço: R$ 38,00 + frete