learnex

Samara Volpony

SAMARA VOLPONY

 

 

Autora do livro de poemas Contramaré (Patuá, 2017), Samara Volpony é o pseudônimo de Samara Laís Silva, artista nascida em Arari/MA, à beira do rio Mearim, no dia 28 de agosto de 1990. Coautora do livro Poesia Arariense: coletânea poética em rede. Vencedora do 4º Concurso Internacional Poesia Urbana, promovido pelo Centro Universitário de Brusque – UNIFEB e 2ª colocada no 2º Concurso Internacional de Poesia da Casa de Espanha. Tem poemas publicados na Revista de Literatura e Arte – Walking In Briarcliff, no livro da Tribo/2017-2018 e nas edições 11 e 12 do Jornal de Poesia Contemporânea ‒ O Casulo.

 

 

 

Contatos:

 

 


Conheça 5 poemas do livro Contramaré, de Samara Volpony:






calendário

 

os meus olhos já estão gastos, poesia

reparto meus pedaços de silêncios:
meu corpo no escuro
atravessando minhas esperas

sentimento vadio
dilatado na casa que
desespera tua ausência

meus dias são ferozes
e o tempo mastiga
meu relógio doente.



***



via crucis

 

ponho meu coração sobre a mesa
estou no escuro
sombra de mim mesma
na penumbra dos fantasmas
que borrei sobre meu espelho
recebo meu beijo pródigo
terno e comovido
devolvida à minha humanidade
me redimo
e sigo nesta via crucis
entregue ao ignóbil holocausto.



***


brevidade mortal

 

solenes abraços se inauguram
em monótona e insistente
saudade
dissonante voz aguda
a retumbar sem alarde
sobre o corpo frio:
mero projeto
de morte.



***



as formigas

 

as formigas beliscam minha carne
enquanto mordo o travesseiro
às duas da manhã

consolam minha carne insensível
as pobres formigas

e penso-me diminuta
arrastando fardos sem ventura

mais brandas do que o julgo que carrego
são as formigas e sua mordedura.



***


contramaré

(musicado por Gildomar Marinho)


na ordenação das águas
me exponho
qual Narciso a se mirar e se amar
à exaustão
miro-me no espelho esculpido
à tua imagem
nas turvas águas:
nossa ordenação

ah, este rio encravado em meu peito
ai, este rio vazando em meus olhos
a desaguar
no cais das nossas esperas
qual palavra haverá de enganar o tempo?
que palavra tua não se perderá?
quais palavras vãs haveremos de cantar?

 

 


 

 

Livro: Contramaré

Autor: Samara Volpony

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 80

Formato: 16x16

Preço: R$ 38,00 + frete