learnex

Victória Monteiro

Victória Monteiro

 

Autora do livro De que se veste a nudez (Patuá, 2017), Victória Monteiro de Lima cursa Letras na Universidade de São Paulo, tem 20 anos e nasceu em Arujá (SP), tendo se mudado para a capital há pouco mais de um ano. Os poemas e as pequenas prosas presentes neste livro foram escritos entre 2014 e 2017.



Contatos:








Conheça 5 poemas do livro De que se veste a nudez, de Victória Monteiro:



ARMA QUENTE


Amigo, bendito seja o fruto
de nosso ventre infértil.
Ontem descoberta a sede,
hoje seca a fonte, o mundo é um apelo
que nos chega baixinho;
o real cabe em nossas roupas
pontuais e apertadas,
cobertas de pó.

Será minha, sua a culpa
que o presente seja negro,
pálido o futuro?

Amigo, acordei com o sol
no limite dos olhos
e o poente na janela.



***



CULTO


Num dia desses de mulher,
um fio de tecido interno
desfez de mim durante o banho

Destino de lágrimas, suor,
esperma, o fio correu;
morreu pelo ralo

Minha vontade era guardá-lo
como a um dente caído
ou um macinho de cachos.


***


FOME


Existir é escasso, a vida pede jejum:
o estômago assumidamente vazio
reaprende a ter fome.



***




REVELIA

 

Tudo sobra; o mundo excede
a parte gorda da carne.

A criança nasce,
respira pela primeira vez:
sua novidade cheira a mofo,
seu tecido róseo tem algo
de cinza e verde.

Um óleo recobre a superfície
poeirenta da pele.
Lambuzada,
ela desliza útero abaixo
e nasce,
não importa a lua.

Sobre as costas da criança
pesam olhos da mãe,
olhos de ternura e sombra.
Sobre suas costas pesam
os caídos e murchos
olhos de Deus.

Mas a criança não cede: chora,
testilha, combate.
Resoluta, ela os desafia,
reclama animalidade,
retém seu ouro.

Um pouco de musgo enfeita
a criança rica e apátrida.


***



BUSCA

 

Que alguém me encontre bem distante da avenida,
morto o sobre-humano,
acolhida a criança no caminho,
dando ouvido aos galhos, às ondas
num ponto qualquer do Pacífico,
as células novamente úmidas.

Que alguém me encontre.
Estou a um passo do mundo.
Não há, em mim, o vácuo original
que firma o homem.

Meu elemento é água,
meu animal é um inseto breve.

 

 


 

 

Livro: De que se veste a nudez

Autor: Victória Monteiro

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 90

Formato: 14x21

Preço: R$ 38,00 + frete único para todo país.