learnex

José Inácio Vieira de Melo

JOSÉ INÁCIO VIEIRA DE MELO

 

Autor do livro O galope de Ulisses, José Inácio Vieira de Melo (1968), alagoano radicado na Bahia, é poeta, jornalista e produtor cultural. Publicou os livros Códigos do silêncio (Salvador: Letras da Bahia, 2000), Decifração de abismos (Salvador: Aboio Livre Edições, 2002), A terceira romaria (Salvador: Aboio Livre Edições, 2005), A infância do Centauro (São Paulo: Escrituras Editora, 2007), Roseiral (São Paulo: Escrituras Editora, 2010), Pedra Só (São Paulo: Escrituras Editora, 2012) e a antologia 50 poemas escolhidos pelo autor (Rio de Janeiro: Edições Galo Branco, 2011).
Organizou Concerto lírico a quinze vozes – Uma coletânea de novos poetas da Bahia (Salvador: Aboio Livre Edições, 2004), Sangue Novo – 21 poetas baianos do século XXI (São Paulo: Escrituras Editora, 2011) e as agendas Retratos Poéticos do Brasil 2010 (São Paulo: Escrituras Editora, 2009) e Retratos Poéticos do Brasil 2013 (São Paulo: Escrituras Editora, 2012). Publicou também o livrete Luzeiro (Salvador: Aboio Livre Edições, 2003) e os cds de poemas A casa dos meus quarenta anos (Salvador: Aboio Livre Edições, 2008) e Pedra Só (Salvador: Aboio Livre Edições, 2013).
Participa das antologias Pórtico Antologia Poética I (Salvador: Pórtico Edições, 2003), Sete Cantares de Amigos (Salvador: Edições Arpoador, 2003) e Roteiro da poesia brasileira – Anos 2000 (São Paulo: Global, 2009). No exterior, participa das antologias Voix croisées: Brésil-France (Marselha: Autre Sud, 2006), Impressioni d’Italia – Piccola antologia di poesia in portoghese con traduzione a fronte (Napoli: U.N.O., 2011), En la otra orilla del silencio – Antologia de poetas brasileños contemporáneos (Cidade do México: Unam / Ediciones Libera, 2012), Traversée d’océans – Voix poétiques de Bretagne et de Bahia (Paris: Éditions Lanore, 2012), A Arqueologia da Palavra e a Anatomia da Língua (Maputo, 2013) e Mini-Anthology of Brazilian Poetry (Placitas: Malpais Review, 2013).
Coordenador e curador de vários eventos literários, como o Porto da Poesia, na 7ª Bienal do Livro da Bahia (2005), a Praça de Poesia e Cordel, na 9ª, 10ª e 11ª  Bienal do Livro da Bahia (2009, 2011, 2013), em Salvador, e o Cabaré Literário, na I Feira Literária Ler Amado, em Ilhéus (2012), assim como os projetos A Voz do Poeta (2001) e Poesia na Boca da Noite (2004 a 2007), ambos em Salvador, e Travessia das Palavras (2009 e 2010), em Jequié. Desde 2009 é curador do projeto Uma Prosa Sobre Versos, na cidade de Maracás, no Vale do Jiquiriçá. Tem poemas traduzidos para os seguintes idiomas: espanhol, finlandês, francês, inglês e italiano. Foi coeditor da revista de arte, crítica e literatura Iararana, de 2004 a 2008. Edita o blog Cavaleiro de Fogo: www.jivmcavaleirodefogo.blogspot.com

Contatos:

Skook de Algarobas Urbanas


Conheça 03 poemas do livro O galope de Ulisses, de José Inácio Vieira de Melo:

 

ESTRELAS



Telhas da noite
que suscitam vazios.

De que chafariz tão iluminado
transbordam essas ovelhas?

***


PINTURA RUPESTRE



Brusca vertigem que, ao ser vislumbrada,
cresce com cada lápide da santa
arquitetura – lápis da ciência
dos calendários cósmicos, marcando

dentro do coração os fevereiros
futuros. Fruto do vero carmim,
minha carne transgride transparências
concentrada na rosa e no jardim.

O silêncio que pinta a solidão
constrói pedras, passagens e paisagens
para dizer ao tempo suas cores,

como a figura dentro da amplidão
da caverna é a sombra da criança.
Ainda sinto os passos dessas formas.

 

***


AUSÊNCIA



Quebrar todo e qualquer cabresto,
romper a barreira da forma,
caminhar para além da palavra.

Agora, meu corpo é só palavra:
palavras que ferem, anestesiam
e não consigo prosseguir:

sequer tentar arriscar.
Tudo é uma enorme ausência
e resta apenas este poema.


 


 

Livro: O galope de Ulisses

Autor:
José Inácio Vieira de Melo

Organização:
Igor Fagundes

Gênero:
Poesia

Número de Páginas:
150

Formato:
14x21 - acabamento em capa dura

Preço:
R$ 40,00 + frete